CRÍTICAS ESTREIAS

2 Outonos e 3 Invernos: Estações do amor

Fino exemplar do cinema independente francês, essa comédia romântica brinca com a temporalidade não só no título, mas em uma trama dividida em capítulos, que por sua vez são narrados por diferentes personagens.

Há três protagonistas: Arman se apaixona à primeira vista por Amélie, que se encanta por ele depois de uma mirabolante artimanha do destino.

Benjamin é o melhor amigo de Arman, cuja vida também muda abruptamente. Os três quebram a quarta parede e falam diretamente com o espectador, o que torna a troca ainda mais envolvente.

Todos ali estão em busca do amor e como nada é simples nas questões do coração, há complicações de sobra para movimentar a trama.

Publicidade

Deixe o seu Comentário