CRÍTICAS ESTREIAS

Altas Expectativas e Corpo Delito: Estreias nacionais

ALTAS EXPECTATIVAS

A vida de Décio (Gigante Léo), um treinador de cavalos apaixonado pelo o que faz, muda completamente por causa de seu amor platônico por Lena (Camila Márdila), nova proprietária do café do Jockey Club do Brasil e para quem sorrir é um desafio. Quem assistiu à produção argentina Coração de Leão – O Amor Não Tem Tamanho vai notar semelhanças na abordagem do preconceito que envolve o romance de um anão com alguém de estatura normal. Inspirado na vida do comediante Leonardo Reis, o Gigante Léo, o longa arranca risos tímidos com piadas fracas – algumas de mau gosto -, mas levanta questões relevantes sobre o nanismo. LARISSA MARUYAMA

CORPO DELITO

Selecionado para a Mostra de Tiradentes 2017 e vencedor da 2ª Edição do Programa Histórias que Ficam, o documentário se utiliza de recursos de ficção para narrar o cotidiano de Ivan, 30 anos, que após oito anos de prisão consegue liberdade condicional. Ivan está atado a uma tornozeleira eletrônica, a um sistema penal falido, a uma esposa e filha que mal conhece, a uma favela de Fortaleza, a um único amigo, a uma juventude perdida. A câmera implacável do diretor Pedro Rocha, em estreia promissora, denuncia todos esses nós ligando-os à vida dos personagens com a crueza e a dureza dessa realidade incômoda, sem filtros. FÁTIMA GIGLIOTTI

 

Publicidade

Deixe o seu Comentário