CRÍTICAS ESTREIAS

As Falsas Confidências e Variações de Casa Nova: Teatro cinematográfico

AS FALSAS CONFIDÊNCIAS

O diretor Luc Bondy, morto em 2015, filmou nos belíssimos ambientes e salas do famoso Teatro Odéon, de Paris, a adaptação de sua bem-sucedida montagem de As Falsas Confidências, clássica comédia do dramaturgo Marivaux.  Nela, Dorante (Louis Garrel, de Dois Amigos), um jovem tão atraente quanto pobre, arma um esquema para trabalhar como secretário da viúva rica Araminte (Isabelle Huppert, de Elle), na esperança de seduzi-la, contra a vontade da mãe dela e do conde que a corteja. O filme se beneficia do cenário incomum, da narrativa ágil e da roupagem moderna para escancarar a futilidade e a inconsistência das relações construídas a partir de intrigas, máscaras e jogo de aparências. É teatro filmado, sim, mas de qualidade. FÁTIMA GIGLIOTTI

Cotação: ***1/2

VARIAÇÕES DE CASANOVA

Em uma ópera, John Malkovich interpreta o lendário amante Casanova durante sua maturidade. Com essa ideia inicial, o filme projeta uma neblina entre realidade e fantasia, palco e coxia, personagens e plateia. Por vezes Malkovich é Casanova, em outras cenas interpreta a si mesmo. Em alguns momentos, estamos no palácio do protagonista, apenas para nos transportamos para o tablado repentinamente. Para intensificar a fórmula cheia de dualidades, há dois atores para o mesmo personagem – em algumas oportunidades, ambos dividem o palco.

Malkovich dá conta da faceta dramática e dos conflitos mais ligados ao mundo do entretenimento, mas há um cantor de ópera para assegurar as partes musicadas e manter o tom fiel. Uma proposta ousada que consegue criar boas passagens entre cenas e misturas de linguagens artísticas. Por outro lado, os alongados números musicais apresentados no teatro lisboeta deixam o filme hermético para os espectadores que não estão habituados à ópera. Talvez maneirar na dosagem renderia um produto mais palatável, que poderia levar mais longe suas provocações artísticas. EDU FERNANDES

Cotação: **1/2

Publicidade

Deixe o seu Comentário