CRÍTICAS ESTREIAS

Baseado em Fatos Reais: Fã obsessiva, ou não…

Olivier Assayas (Personal Shopper) e Roman Polanski (Deus da Carnificina) escreveram juntos a adaptação do romance de Delphine de Vigan. No meio do redemoinho do movimento Time’s Up, Polanski (condenado por sexo com menor nos anos  70) está na lista de grandes cineastas – Woody Allen entre eles – cuja carreira foi manchada por condutas pessoais. Mas seu talento como diretor é inquestionável.

Emmanuelle Seigner (esposa do cineasta) interpreta uma aclamada escritora que está exaurida com as aparições públicas por conta de seu último romance, e não sabe como começar o próximo. Eva Green (foto acima) faz uma fã misteriosa que trabalha como ghost writer e encanta a autora com sua inteligência.

O que começa como amizade, contudo, torna-se uma relação obsessiva e é intrigante como a escritora se deixa manipular pela estranha que, de repente, está morando em sua casa. O thriller ganha contornos ainda mais sinistros quando as duas vão passar uns dias no campo. E atenção nos detalhes, pois o desfecho é revelador.

Publicidade

Deixe o seu Comentário