CRÍTICAS ESTREIAS

A Câmera de Claire: Polaroids reveladoras

Hong Sang-So filmou a Câmera de Claire durante o Festival de Cannes em 2016, e o filme estreou na Riviera Francesa no ano seguinte. Em pouco mais de uma hora, ele examina o comportamento humano em momentos de crise, com seu habitual estilo “comer, beber e conversar” – marca de filmes como O Dia Depois e Na Praia à Noite Sozinha.

A protagonista (a atriz fetiche do diretor, Kim Min-hee) está em Cannes a trabalho, quando é demitida sem aviso pela chefe, que a acusa de desonestidade sem maiores explicações.

Em nova parceria com o cineasta após A Visitante Francesa, Isabelle Huppert parece se divertir como a fotógrafa que faz instantâneos com sua polaroid. Através das pessoas que ela clica e com quem bate papos descontraídos, o espectador e a protagonista vão desvendar o motivo por trás da demissão.

Publicidade

Deixe o seu Comentário