CRÍTICAS ESTREIAS

A Forma da Água: Recordista de indicações ao Oscar 2018

A Forma da Água é um filme de gênero, o que não costuma fazer muito sucesso nas premiações. Mas o misto de ficção científica e fantasia, musical e romance conquistou nada menos que 13 indicações ao Oscar: melhor filme, direção (Guillermo del Toro), atriz (Sally Hawkins), ator coadjuvante (Richard Jenkins), atriz coadjuvante (Octavia Spencer), trilha sonora, roteiro original, fotografia, figurino, edição de som, mixagem de som, edição e design de produção. Faltou um para se igualar aos recordistas históricos A Malvada, Titanic e La La Land: Cantando Estações, que concorreram em 14 categorias.

É uma produção visualmente deslumbrante, como costumam ser os trabalhos do diretor mexicano Del Toro (O Labirinto do Fauno), com algumas cenas inesquecíveis, incluindo a sequência de abertura, e cenários elaborados. Mas também provavelmente é a obra em que ele demonstra mais coração.

Desavergonhadamente romântico, se passa nos anos 1960 e fala do amor de Elisa (Sally), faxineira muda, e do monstro (Doug Jones), capturado na Floresta Amazônica e trazido para a instalação do governo onde ela trabalha.

A Forma da Água é um filme sobre o outro e sobre os invisíveis: o monstro, claro, mas também Elisa, faxineira e muda, sua amiga Zelda (Octavia), faxineira e negra, e seu amigo Giles (Jenkins), desempregado e homossexual. O vilão é um homem branco de queixo quadrado, o agente Richard Strickland (Michael Shannon) – o que, convenhamos, faz todo o sentido no momento atual.

Publicidade

2 Comentário

  • Não é um dos meus gêneros preferidos, mas a historia foi muito interessante. Michael Shannon fez um ótimo trabalho no filme. Eu vi que seu próximo projeto, Fahrenheit 451 será lançado em breve. Acho que será ótimo! Adoro ler livros, cada um é diferente na narrativa e nos personagens, é bom que cada vez mais diretores e atores se aventurem a realizar filmes baseados em livros. Acho que Fahrenheit 451 sera excelente! Se tornou em uma das minhas histórias preferidas desde que li o livro, quando soube que seria adaptado a um filme, fiquei na dúvida se eu a desfrutaria tanto como na versão impressa. Acabo de ver o trailer da adaptação do livro, na verdade parece muito boa, li o livro faz um tempo, mas acho que terei que ler novamente, para não perder nenhum detalhe. Vi os horários de transmissão em: https://br.hbomax.tv/movie/TTL711416/Fahrenheit-451 deixo o link por se alguém se interessar. Acho que é uma boa idéia fazer este tipo de adaptações cinematográficas.

  • Terminei de ler o livro e estou esperando o dvd pra assistir o filme.Amei a história de amor,amizade ,lealdade e coragem. Amar incondicionalmente e fazer o que é certo,no fim tudo se resume nisso!

Deixe o seu Comentário