CRÍTICAS ESTREIAS

Jumanji – Bem-Vindo à Selva: Diversão das boas

Jumanji não é uma nova versão do livro homônimo de Chris Van Allsburg (o mesmo autor de Zathura). Fora uma homenagem a Alan Parrish, o personagem de Robin Williams que fica preso dentro do jogo de tabuleiro no filme de 1995, essa sequência anda com as próprias pernas.

Os efeitos especiais que se destacaram no primeiro aqui são detalhes. O que vale é o elenco, em total sintonia. Quatro estudantes são transportados para dentro do jogo, mas ali tomam a forma de personagens, como o doutor fortão vivido por Dwayne Johnson e o professor feito por Black Jack – este último está hilário como o avatar de uma patricinha.

 

Publicidade

Deixe o seu Comentário