CRÍTICAS ESTREIAS

Tudo que Quero: Dramédia para fãs de Star Trek

Tudo que Quero seria mais uma comédia dramática com mensagem edificante – no caso vencer adversidades e lutar pelos sonhos -, se a protagonista não tivesse duas características muito especiais. Wendy Walcott (Dakota Fanning) tem autismo e é fanática pela série Star Trek.

Ela mora na instituição dirigida pela personagem de Toni Collette (Madame), mas tem planos de voltar a morar com a irmã (Alice Eve). Expert em Star Trek e fera na escrita, Wendy quer participar de concurso de roteiros da série, mas tem um problema. O texto precisa chegar até a Paramount em Los Angeles e como um feriado vai impedir que o Correio entregue a tempo, a jovem moradora de São Francisco decide levar o material pessoalmente. Claro que não avisa ninguém e cai na estrada.

O enredo desse road movie é uma festa para os fãs da série, com inúmeras referências a Spock, Capitão Kirk e tem até um diálogo em klingon, a língua dos trekkers. Não sabe nada de Star Trek? Não tem problema, a personagem tem encanto próprio e acompanhar sua epopeia é um programa agradável.

 

Publicidade

Deixe o seu Comentário