DIRETO DA REDAÇÃO

Nota da Redação

Desde o início, nós da PREVIEW adotamos uma política de transparência total em nosso relacionamento com os leitores. Mais do que isso, sempre contamos com a participação de todos (com sugestões, críticas e elogios) para nos guiar em nossos cinco anos de vida. A questão é que o ano de 2014 não tem sido fácil não só para nós, mas para todo o mercado editorial. A instabilidade econômica, as greves e mesmo a Copa do Mundo tiveram grande impacto negativo. O resultado é que muitas publicações fecharam suas portas, mesmo títulos consagrados de grandes editoras. Para superar as dificuldades, temos buscado alternativas e soluções nesses últimos meses. Isso fez com que nosso contato com os leitores fosse comprometido, o que acabou causando um descontentamento generalizado. Gostaríamos de pedir sinceras desculpas por esse sumiço e prometemos que, a partir de agora, tentaremos retomar o contato que sempre tivemos com os leitores. Para começar, aqui vão esclarecimentos para duas das mais importantes questões levantadas por vocês…

REDUÇÃO DO NÚMERO DE PÁGINAS
A redução do número de páginas era uma medida necessária em vista do aumento do custo gráfico e industrial. A ideia nunca foi reduzir o conteúdo, então fizemos ajustes no design geral da revista. Cada página começou a ter uma quantidade maior de texto e menor de imagens (melhoramos também a qualidade do papel). Ou seja, mesmo com uma revista mais enxuta, o conteúdo não teve uma redução significativa. Para que isso fosse possível, também reduzimos o número de páginas publicitárias. Gostaríamos de deixar claro que a mudança não é definitiva e podemos aumentar o número de páginas de acordo com a necessidade. Essa medida também evitará qualquer aumento no preço da revista por um bom tempo.

ATRASOS NO LANÇAMENTO DA REVISTA
O processo de entregada revista – seja nas bancas ou na casa dos assinantes – envolve a utilização de serviços terceirizados que estão fora de nosso controle. Alguns leitores nos criticam por publicar datas de lançamento incorretas, como se fosse algo intencional. A verdade é que trabalhamos com previsões. Se algum imprevisto acontece no meio do caminho, isso acaba comprometendo a entrega. Para se ter uma ideia, a gráfica demora uma semana para imprimir a revista, e a distribuidora gasta outra semana para iniciar o envio das revistas para todo o Brasil. Nesse meio tempo, outros imprevistos podem ocorrer, como jogos da Copa do Mundo (que eram praticamente feriados), greves no correio e até mesmo uma falha em nosso código de barra da capa. Estamos trabalhando duro para normalizar a entrega da revista, mas não é algo que acontece da noite para o dia. Como enviamos a revista na sexta-feira passada (dia 26) para a gráfica, acreditamos que o lançamento deste mês aconteça a partir do dia 10 de outubro nas bancas. E para todos que continuam a acreditar na revista, agradecemos pela enorme paciência.

Publicidade

Deixe o seu Comentário