FESTIVAIS NOTÍCIAS PREMIAÇÕES

As Boas Maneiras vence o Festival do Rio 2017

festival-do-rio-2017-trofeu-redentor

Chega ao fim mais uma edição do Festival do Rio e o filme As Boas Maneiras foi o grande vencedor da 19ª edição do evento, que aconteceu entre os dias 5 e 15 de outubro. E o terror dirigido dupla Juliana Rojas e Marco Dutra conquistou ainda quatro prêmios, entre eles o de Melhor Filme no Prêmio Felix (temática LGBTQ) e o Prêmio FIPRESCI.

[Trailer] AS BOAS MANEIRAS (2017)

AS BOAS MANEIRAS / GOOD MANNERS2017, SP / França. Cor. Produção: Dezenove Som e Imagens / Good Fortune Films / Globo Filmes. Direção e Roteiro: Juliana Rojas e Marco Dutra.

Publicado por Filmoteca do Horror Brasileiro em Terça-feira, 1 de agosto de 2017

A noite de premiação foi de festa para o gênero no cinema brasileiro, mas ficou marcada também pela ausência de alguns premiados, entre eles os próprios diretores e a atriz Marjorie Estiano do grande vencedor, que tiveram representantes recebendo os respectivos prêmios, assim como aconteceu com o ator Marco Ricca. A cineasta Lúcia Murat chegou a enviar uma mensagem de agradecimento. Quem também agradeceu, só que pessoalmente e emocionada, foi a diretora do festival Walkíria Barbosa: “Foi muito difícil fazer o festival este ano, mas foi o mais bonito que a gente já realizou, pois todos vocês nos ajudaram. Queria dizer do fundo do coração, muito obrigada!”.

festival-do-rio-2017-vencedores

Vencedores do Festival do Rio 2017 / Foto: Divulgação

Como aconteceu em diversas categorias do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, os jurados não conseguiram definir um ganhador na categoria Melhor Ator, que acabou dividida entre Daniel de Oliveira e Murilo Benício. Confira, abaixo, a lista completa dos vencedores do Festival do Rio 2017:

MELHOR LONGA – FICÇÃO – As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra
MELHOR LONGA – DOC – Piripkura, de Mariana Oliva, Renata Terra, Bruno Jorge
MELHOR LONGA – FICÇÃO  VOTO POPULAR – Aos Teus Olhos, de Carolina Jabor
MELHOR LONGA – DOC – VOTO POPULAR – Dedo na Ferida, de Silvio Tendler
MELHOR DIREÇÃO – FICÇÃO – Lúcia Murat (Praça Paris)
MELHOR DIREÇÃO – DOC – Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva (SLAM: Voz De Levante)
MELHOR ATRIZ – Grasse Passô (Praça Paris)
MELHOR ATOR – Daniel de Oliveira (Aos Teus Olhos) e Murilo Benício (Animal Cordial)
MELHOR ATOR COADJUVANTE – Marco Ricca (Aos Teus Olhos)
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – Marjorie Estiano (As Boas Maneiras)
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – SLAM: Voz de Levante, de Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva
MELHOR FOTOGRAFIA – Rui Poças (As Boas Maneiras)
MELHOR ROTEIRO – Lucas Paraizo (Aos Teus Olhos)
MELHOR MONTAGEM – Caroline Leone (Alguma Coisa Assim)
PRÊMIO FELIX – LONGA – As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra
PRÊMIO FELIX – DOC –  Queercore: How to Punk a Revolution, de Yony Leyser
PRÊMIO FELIX – CURTA –  Sandra Chamando, de João Cândido Zacharias
PRÊMIO PETROBRAS NOVOS RUMOS – LONGAS – A Parte do Mundo que Me Pertence, de Marcos Pimentel
PRÊMIO PETROBRAS NOVOS RUMOS – CURTAS – Atrito, de Diego Lima
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – NOVOS RUMOS – Vende-se Esta Moto, de Marcus Faustini
PRÊMIO FIPRESCI (Federação Internacional de Críticos de Cinema) – As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra
MELHOR CURTA – Borá, de Angelo Defanti
MELHOR CURTA – JÚRI POPULAR – Vaca Profana, de René Guerra
MENÇÃO HONROSA – Roberta Gretchen Coppola (atriz de Vaca Profana)

Veja mais conteúdos sobre o Festival do Rio 2017.

Publicidade

Deixe o seu Comentário