FESTIVAIS NOTÍCIAS

Festival Lume reúne filmes premiados em festivais

O IV Festival Internacional Lume de Cinema acontece de 2 a 8 de março no CineSesc, que também apoia o eventoRealizada pela Lume Filmes, a edição deste ano conta com sete longas-metragens e dez curtas-metragens na Mostra Competitiva. Crise econômica mundial, violência contra a mulher, reinserção social de ex-presidiários e crueldade animal são alguns dos temas dos filmes selecionados.

A curadoria de Frederico Machado, diretor da Lume Filmes, foi baseada na qualidade artística, na inovação e na diversidade dos filmes e temas apresentados. O júri responsável por escolher o melhor longa e o melhor curta é composto por André Gatti (crítico de cinema, professor e ator); Cléber Eduardo (crítico de cinema e curador demostras/festivais); Cristiano Burlan (cineasta, professor e ator); Raimo Benedetti (montador e professor); e Simone Yunes (programadora do CineSesc).

 Os filmes ganhadores terão direito a contrato de distribuição com a Lume Filmes, distribuidora que atua no mercado cinematográfico brasileiro há 11 anos. O evento não visa apenas exibir e premiar filmes, mas também promover a difusão da produção audiovisual contemporânea autoral.

Confira a Programação:

FESTIVAL INTERNACIONAL LUME DE CINEMA – PROGRAMAÇÃO

Sessão Dupla

Infinito (DCP, Dir.: Lukas Dhont, Bélgica, 2014, 22 min., 12 anos)

 O filme conta a história de um garoto que oscila entre diferentes estágios da vida, mas também é uma estória sobre o homem e a criança.

Jovens Infelizes ou Um Jovem Que Grita Não é Um Urso que Chora(DCP, Dir.: Thiago B. Mendonça, Brasil, 2016, 127 min., 16 anos)

Um grupo de artistas vive reunido em uma pequena casa. Sofrendo com as más condições financeiras, eles tentam criar uma verdadeira arte revolucionária, capaz de enfrentar o sistema e libertá-los da opressão do governo. Quando algumas tentativas falham, eles partem para medidas extremas.

Quinta-feira, 2/3, 16h30. Sexta-feira, 3/3, 19h. Quarta-feira, 8/3, 16h30.

 Leste Oeste(DCP, Dir.: Rodrigo Grota, Brasil, 2016, 86 min., 16 anos)

Ezequiel, um ex-piloto, volta a sua cidade natal após 15 anos para disputar uma última corrida. Ele reencontra Stela, um antigo affair; Angelo, o patriarca da família; além de Pedro, um jovem de 16 anos que sonha em ser piloto.  

Quinta-feira, 2/3, 19h.Obs.: Será exibido também em sessão tripla no domingo, 5/3, 16h30 e em sessão dupla na quarta-feira, 8/3, 19h.

 Sessão Oficial de Abertura

Sessão Tripla

Over (DCP, Dir.: Jörn Therfall, Reino Unido, 2015, 14 min., 12 anos)

Over apresenta uma cena de crime. Durante a trajetória de 9 tiros, vemos uma história intrigante se desenrolar. O que aconteceu neste bairro tranquilo? Um assassinato, um atropelamento, um acidente? A realidade é complexa e profundamente inesperada.

Eclipse Solar(DCP, Dir.: Rodrigo de Oliveira, Brasil, 2015, 28 min., 12 anos)

Três trabalhadores se reúnem em torno da preparação de uma festa em um museu. Aparentemente desconhecidos, os contatos entre os três revelarão implicações profundas no passado. No centro dos confrontos está uma criança. A espreita, o diabo.

Thread(DCP, Dir.: The Boy, Grécia, 2016, 94 min., 16 anos)

Escrito e dirigido por The Boy, produzido por Eleni Bertes, e estrelando a extraordinária Sofia Kokkali em uma hipnotizante performance, Thread desafia os valores da sociedade moderna e trata de questões de memória, violência e a polêmica da esperança, através de uma linguagem cinemática única.O comprometimento de Niki à Resistência colide com sua habilidade de ser uma mãe para o seu filho. Lefteris, seu filho, herda um passado que ele não quer. Até que um dia, os fios que os unem, o cordão umbilical psicológico, é cortado. A luta mãe por liberdade política se torna uma corrente que aprisiona o garoto; no final, ele terá que lutar por sua própria liberdade e buscar a sua própria redenção.

Quinta-feira, 2/3, 21h – Sessão de Abertura. Sexta-feira, 3/3, 16h30. Terça-feira, 7/3, 16h30.

 Sessão Dupla

O Homem que Virou Armário(DCP, Dir.:  Marcelo Ikeda, Brasil, 2015, 22 min., livre)

O curta conta a história de um funcionário que, tão obcecado pelas tarefas rotineiras e mecânicas de seu ambiente de trabalho, um dia acaba se transformando num dos armários da repartição. Uma colega de trabalho, que sempre foi apaixonada por ele, tenta bolar uma estratégia para trazê-lo de volta à vida. 

Amok(DCP, Dir.: Vardan Tozija, Macedônia, 2016, 100 min., 16 anos)

Phillip, um dos adolescentes rudes, marginalizados e abandonados de um desolado Centro de Adoção Juvenil suburbano, é forçado por um delegado de polícia corrupto a participar de um encontro assustador, que leva a severas consequências. Apesar das tentativas em vão do seu professor, o único educador solidário no Centro, para ajudar e pôr uma luz neste incidente em um país onde poder determina justiça, e os esforços do seu melhor amigo Petar para persuadi-lo a deixar e esquecer tudo isso, algo dentro de Phillip está quebrado e sem reparo. Esse “tumor” devora a sua sanidade, queima com furor por vingança, o que ultimamente ele transfere aos outros mais jovens que compartilham do seu cruel destino. Incitado pelas palavras de despertar do seu professor que perdeu todas as esperanças, e Phillip como o emergente e feroz líder do bando, os garotos perdidos resolutamente aderem o caminho de violência, o que os leva fundo nas catacumbas do submundo do crime. Logo, todos os que se oporem ou questionarem seu vigor, são considerados inimigos.

Sexta-feira, 3/3, 21h30. Sábado, 4/3, 19h. Terça-feira, 7/3, 19h.

 Sessão Dupla

Ainda Sangro Por Dentro(DCP, Dir.: Carlos Segundo, Brasil, 2016, 24 min., 12 anos)

Tem dor que dói no corpo que não tem olho que enxerga. O filme mostra uma história que tenta representar mulheres discriminadas por serem vítimas de violência sexual.

Devorando seus Ossos(DCP, Dir.:Jean-Charles Hue, França, 2014, 94 min., 16 anos)

Jason Dorkel, 18 anos, pertence a uma comunidade de ciganos. Ele está se preparando para o seu batismo quando Fred, seu meio-irmão, retorna depois de vários anos na prisão. Os dois, junto com o outro impulsivo e violento irmão, Mikael, saem em viagem para dentro do universo dos “gadjos” em busca de cobre.

Sábado, 4/3, 16h30. Segunda-feira, 6/3, 21h30.

 Sessão Tripla

Import (DCP, Dir.: Ena Sendijarevic, Holanda, 2016, 17 min., 14 anos)

Uma jovem família de refugiados bósnios acaba em uma pequena vila na Holanda depois de conseguirem uma permissão de residência em 1994. Situações absurdas surgem à medida que eles tentam fazer desse novo mundo seu lar.

O Presente(DCP, Dir.: Sophie Perrier, Suíça, 2015, 20 min., livre)

Um evento de caridade de Natal. Dois filantropos ricos fazem uma doação para uma desafortunada família local. No entanto, as coisas se complicam quando cada um dos membros da família expressa uma atitude diferente em relação à aceitação da doação.

Carne e Sangue(DCP, Dir.: Maud Alpi, França, 2016, 82 min., 16 anos)

Os animais chegam à noite. Eles intuem. Eles resistem. Um jovem os leva para a morte antes do amanhecer. Seu cachorro descobre um mundo assustador que parece que nunca irá acabar.

Sábado, 4/3, 21h30. Domingo, 5/3, 19h. Segunda-feira, 6/3, 16h30.

 Sessão Tripla

O Filho(DCP, Dir.: Hristo Simenov, Bulgária, 2015, 29 min., livre)

Um garoto cigano de 11 anos vive junto com seus pais em um velho trailer no sertão da Bulgária. O pai o encoraja e o ensina tudo que um homem deveria ser capaz de fazer. Ele deve se livrar do cachorro vira-lata, quando na verdade ele é o único amigo que o garoto tem. E então chega o fatídico dia em que seu pai não retorna.

O Retorno(DCP, Dir.: Maria Guskova, Rússia, 2015, 29 min., 12 anos)

Erkin sai da prisão e quer retornar à sua antiga vida. Mas tudo mudou e ele não sabe se consegue viver como um homem livre.

Leste Oeste(DCP, Dir.: Rodrigo Grota, Brasil, 2016, 86 min., 16 anos)

Domingo, 5/3, 16h30.

 Sessão Dupla

Aquela Rua Tão Triumpho(DCP, Dir.: Gabriel Carneiro, Brasil, 2016, 15 min., 12 anos)

Os fantasmas da Boca do Lixo. Ido Oliveira ainda caminha pela Rua do Triumpho.

Anjo Ferido (DCP, Dir.: Emir Baigazin, Cazaquistão/França/Alemanha, 2016, 112 min., 16 anos)

O filme, composto por quatro histórias, mostra adolescentes que, no limiar de sua vida adulta, tentam construir sua própria realidade frente à violência e miséria de uma pequena aldeia abandonada do Cazaquistão.

Domingo, 5/3, 21h30. Segunda-feira, 6/3, 19h. Terça-feira, 7/3, 21h30.

 Sessão Dupla

O Retorno(DCP, Dir.: Maria Guskova, Rússia, 2015, 29 min., 12 anos)

Leste Oeste(DCP, Dir.: Rodrigo Grota, Brasil, 2016, 86 min., 16 anos)

Quarta-feira, 8/3, 19h.

 Encerramento

Sessão Tripla

Angústia(DCP, Dir.: Frederico Machado, Brasil, 2016, 20 min., 10 anos)

Um mercado humano faz um homem mergulhar em um abismo sem retorno. Sem ninguém para confiar sua tristeza., o homem desaba em sua dor.

Curta-metragem vencedor

Longa-metragem vencedor

Quarta-feira, 8/3, 21h30. Grátis. Retirada de ingressos com 1h de antecedência.

 

CineSesc (273 lugares)

Rua Augusta, 2075 – Cerqueira César

São Paulo / SP

Fone: (11) 3087-0500

 

Publicidade

Deixe o seu Comentário