FESTIVAIS NOTÍCIAS

Geografias raras na tela de Brasília

O longa-metragem Café com Canela, de Ary Rosa e Glenda Nicácio, e o curta As Melhores Noites de Veroni (imagem acima), de Ulisses Arthur, trazem à tona geografias menos constantes nas telas brasileiras. O primeiro é ambientado na cidade de Cachoeira. “Não moro no Rio de Janeiro e nem em São Paulo. Nem mesmo em Salvador. Moro em Cachoeira, no interior do interior. E é nesse lugar que quero fazer cinema”, disse Nicácio, durante o debate sobre os filmes ocorrido na manhã da última terça-feira.

O segundo é uma produção de Alagoas, estado que marca presença rara no Festival de Brasília. Café com Canela conta a história de duas mulheres, Margarida, mergulhada há bastante tempo no luto de seu filho, e Violeta, que irradia felicidade e se mostra sempre disposta a ajudar os amigos. Já As Melhores Noites de Veroni revela o cotidiano da personagem-título, que vive um casamento pouco estimulante e compensa as frustrações do dia a dia através do canto.

Intensa programação paralela

Além da exibição de filmes, o Festival de Brasília promove uma ampla programação paralela, formada por debates e mostras. Entre os debates, vale destacar Elviras: As Mulheres e a Reflexão sobre o Audiovisual, coletivo criado em homenagem a Elvira Gama, pioneira da crítica de cinema no Brasil, que reinvindica uma maior representatividade das mulheres na crítica cinematográfica, atividade majoritariamente masculina, e A Crítica de Cinema e os Desafios dos Novos Formatos no Universo Digital, conversa centrada no exercício da crítica diante das questões decorrentes do surgimento de novos veículos de expressão no meio virtual.

Entre as mostras, cabe mencionar 50 Anos em 5 Dias, reunião de nove longas e nove curtas emblemáticos dentro da história do Festival de Brasília, e Esses Corpos Indóceis, conversa sobre filmes com personagens portadores de corpos não enquadrados dentro de categorizações limitadoras.

“O repórter viajou a convite da organização do festival”.

Publicidade

Deixe o seu Comentário