MOSTRAS NOTÍCIAS

Filme El Amparo, da Venezuela, vence a Mostra SP 2016

el-amparo-mostra-sp-2016

O venezuelano El Amparo, de Rober Calzadilla, conquistou o Troféu Bandeira Paulista e ainda o Prêmio de Melhor Roteiro, após cerca de duas semanas de maratona cinematográfica na 40ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Além dele, o coreano Park Chan-wook, velho conhecido dos cinéfilos de carteirinha, saiu da Mostra SP 2016 com o prêmio de Melhor Filme pelo voto popular para The Handmaiden, assim como os documentários Gurumbé e Gaga. Entre os filmes brasileiros, o prêmio foi para Era o Hotel Cambridge (ficção) e o documentário Martírio. Confira, abaixo, a lista completa dos premiados e respectivos trailers:

PRÊMIO DO JÚRI INTERNACIONAL
MELHOR FILME
El Amparo – Rober Calzadilla

MENÇÃO HONROSA
ATRIZ – Mirjana Karanovic (A Boa Esposa / Sérvia, Bósnia-Herzegovina e Croacia)
ATRIZ – Lene Cecilia Spark (Sami Blood / Suécia)

PRÊMIO ABBAS KIAROSTAMI
Maat – Saba Kezemi – Irã

PRÊMIO DO PÚBLICO
MELHOR FILME – FICÇÃO
The Handmaiden – Park Chan-wook / Coréia do Sul

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Gurumbé – Canciones de Tu Memoria Negra – Miguel Ángel Rosales / Espanha
Gaga – O Amor pela Dança – Tomer Heymann / Israel, Suécia, Alemanha e Holanda

MELHOR FILME BRASILEIRO
Era o Hotel Cambridge – Eliane Caffé / Brasil e França

MELHOR DOCUMENTÁRIO BRASILEIRO
Martírio – Vincent Carelli

PRÊMIO DA CRÍTICA
MELHOR FILME INTERNACIONAL
Depois da Tempestade – Hirokazu Koreeda /Japão

MELHOR FILME BRASILEIRO
Pitanga – Beto Brant e Camila Pitanga

PRÊMIO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ROTEIRISTAS E AUTORES
MELHOR ROTEIRO DA COMPETIÇÃO NOVOS DIRETORES
El Amparo – Rober Calzadilla / Venezuela

PRÊMIO DA ABRACCINE (Associação Brasileira dos Críticos de Cinema)
MELHOR FILME
A Mulher do Pai – Cristiane Oliveira / Brasil e Uruguai

PRÊMIO HUMANIDADE – Andrzej Wajda
PRÊMIO LEON CAKOFF – Marco Belocchio, William Friedkin e Antônio Pitanga

Publicidade

2 Comentário

Deixe o seu Comentário