MOSTRAS NOTÍCIAS

Mostra SP 2017 exibe 46 títulos suíços e candidato ao Oscar 2018

mulheres-divinas-2017-3

Quem pensava que a Suíça era somente um paraíso fiscal “produtor” de contas milionárias de corruptos do mundo inteiro, inclusive brasileiros, a Mostra SP 2017, que tradicionalmente homenageia a cinematografia de um país, revela com o Foco Suíça 46 obras, algumas delas em parceria com países como Alemanha, Bélgica e França, entre outros.

mulheres-divinas-2017

Petra Volpe (centro, de óculos) e as atrizes de Mulheres Divinas (2017) causando em dia de exibição.

Entre os destaques está o longa Mulheres Divinas (imagem que abre a notícia) que estreia somente em 18 de dezembro distribuído pela Mares Filmes. O longa mostra a história de um grupo de mulheres suíças, lutando pelo direito do voto feminino e foi dirigido por Petra Volpe. Duplamente premiado no Festival de Tribeca, é o candidato suíço ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e poderá ser visto em cinco dias da Mostra SP. Confira as datas, horários, o trailer original e programe-se!

Dia 24 | 14h00 – CINE CAIXA BELAS ARTES
Dia 25 | 21h30 – PLAYARTE SPLENDOR PAULISTA
Dia 29 | 19h20 – CINEARTE 1
Dia 30 | 15h20 – ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA (FREI CANECA)
Dia 31 | 21h45 – RESERVA CULTURAL

O Foco Suíça destaca também nomes importantes da cinematografia local e apresenta novos cineastas. Entre os conhecidos, será possível ao espectador entrar em contato com a obra de Alain Tanner, um dos integrantes da Nouvelle Vague, com as animações de Georges Schwizgebel, e ainda um telefilme, Ascensão e Queda de uma Pequena Produtora de Cinema, de Jean-Luc Godard.

Publicidade

Deixe o seu Comentário