ESTREIAS NOTÍCIAS

Força feminina é destaque entre estreias

Já faz alguns anos que o Oscar não indica uma diretora, mas a presença feminina vem crescendo no cinema. Nas estreias dessa semana vemos um pouco disso.

O livro clássico de Jane Austen encontra a cultura pop em Orgulho e Preconceito e Zumbis (2016). A união feminina contra os mortos-vivos é o ponto alto do filme.

Se o assunto é amor, a comédia romântica Como Ser Solteira (2016) é a opção. Nesse caso, as moças se unem para saber como lidar com a solidão.

Personagens do filme Amor em Sampa (2016)

Personagens do filme Amor em Sampa (2016)

No cinema nacional, acontece o lançamento de Amor em Sampa (2016), musical escrito e estrelado por Bruna Lombardi. O longa é uma declaração de amor à maior metrópole do Brasil.

O contraponto masculino nesse cenário é Presságios de um Crime (2016). O filme marca a estreia do diretor brasileiro Afonso Poyart em Hollywood com a história de um investigador psíquico na caça de um assassino em série.

Em contato com a realidade

As opções alternativas do circuito trazem temas interessantes, como o documentário A Paixão de JL (2014). O filme mostra os relatos do artista José Leonilson no fim de sua vida, quando descobre ser soropositivo.

Cena do filme White God (2014)

Cena do filme White God (2014)

Da Hungria vem White God (2014), uma releitura do cinema-catástrofe no qual a fuga em massa de cães da carrocinha amedronta a população. Trata-se de uma analogia com a crise migratória na Europa.

Ela Volta na Quinta (2014) conquistou prêmios ao apresentar a história de um casamento em crise. A curiosidade é que os atores são todos familiares do diretor, que também é um dos personagens do filme.

Publicidade

Deixe o seu Comentário