FESTIVAIS NOTÍCIAS

Varilux: Começa o festival para os amantes do cinema francês

O Festival Varilux de Cinema Francês começa nesta semana em 55 cidades brasileiras, e traz as mais recentes produções da cinematografia francesa. Hoje, dia 7, a maratona se inicia em São Paulo e dia 8 nas demais cidades. A programação deste ano é composta por 19 produções inéditas nos cinemas brasileiros, incluindo um documentário e um clássico (Duas Garotas Francesas).

O público poderá conferir os mais recentes trabalhos de Catherine Deneuve, Gérard Depardieu, Juliette Binoche, Marion Cotillard, Guillaume Canet, Omar Sy e Cécile de France. Outro destaque é a última atuação da inesquecível Emmanuelle Riva, falecida em janeiro, em Perdidos em Paris.

São Paulo e Rio de Janeiro recebem a delegação formada por nove artistas franceses, que participam de debate com o público: Dominique Abel e Fiona Gordon, diretores e atores de Perdidos em Paris, que completam 40 anos de carreira neste ano; o rapper e ator Sadek, de Tour de France; a diretora Noémie Saglio e a atriz  Camille Cottin, de Tal mãe, tal filha; o diretor Olivier Peyon e os atores  Ramzy Bedia e Maria Duplaa, de Um Filho Uruguaio; o ator Damien Bonnard do filme Na Vertical. A delegação estará presente na abertura do Festival em São Paulo e no Rio de Janeiro, assim como em sessões de seus filmes nas duas cidades.

A delegação da edição 2017

 

Como nas edições anteriores, algumas cidades realizam sessões educativas e sessões de democratização em locais alternativos ou com pouco acesso a cinemas. As sessões educativas estão previstas com o filme A Viagem de Fanny, de Lola Doillon, e o documentário Amanhãcodirigido por Cyril Dion e pela atriz Mélanie Laurent.

“Procuramos uma seleção mais diversa possível e tendo a qualidade como um critério principal, além de temática central: o amor! Romanesco (Frantz, Um instante de amor, A vida de uma mulher), filial (Tal mãe, tal filha, O filho uruguaio, Uma família de dois), tortuoso (Na cama com Victoria, Perdidos em Paris)… É tudo o que precisamos”, comemora Christian Boudier, diretor do festival.

O Varilux traz mostra inédita de filmes franceses em realidade virtual. Serão exibidas oito obras em 360º, desenvolvidas por líderes em inovação audiovisual na França e que serão apresentadas gratuitamente ao público paulista e carioca. Realizadas em cadeiras giratórias e com óculos de realidade virtual, acontecem entre 6 e 18 de junho em São Paulo e de 9 a 18 de junho no Rio de Janeiro. 

Sucesso de público em 2016, quando levou 156 mil pessoas aos cinemas, o festival repete o formato do ano passado com duas semanas de exibição.

Frantz: um dos melhores da seleção

 

Veja a programação completa no site do festival 

SERVIÇO

Festival Varilux de Cinema Francês 2017

De 7 a 21 de junho em mais de 55 cidades brasileiras:

Aracaju(SE), Barretos(SP), Barueri(SP), Belém ( PA), Belo Horizonte (MG),Blumenau (SC), Buzios (RJ), Brasilia (DF), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Caxias do Sul (RS),Caxambu(MG), Cotia (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE),Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Londrina (PR), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Maringá (PR), Mossoró (RN), Natal (RN), Niterói (RJ), Nova Friburgo (RJ), Pelotas (RS), Petrópolis (RJ), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Rio Verde (GO),Salvador (BA), Santa Maria (RS), Santos (SP), São Carlos (SP),São José do Rio Preto (SP), São Luiz (MA), São Paulo (SP), Theresina (PI), Vitória (ES), Volta Redonda (RJ).

 Os preços de ingressos são os mesmos praticados nos cinemas

Publicidade

Deixe o seu Comentário