Ricardo Goulart custa R$ 625 mil por gol ao Santos e dá adeus após atuações ruins


Ricardo Goulart custa R$ 625 mil por gol ao Santos e dá adeus após atuações ruins

Após péssimas atuações desde o Campeonato Paulista, Ricardo Goulart não joga mais pelo Santos

Além do baixo rendimento, os vencimentos elevados do jogador fizeram com que acontecesse um acordo de rescisão entre o atleta e o clube

Categorias: Grandes clubes de São Paulo

Por: Agência Estado, 14/07/2022

santos ricardo goulart sobre fabian bustos 1024x576 1 Ricardo Goulart atuando pelo Santos (Foto: Divulgação/ Santos)

Santos, SP, 14 – O atacante Ricardo Goulart chegou à Vila Belmiro com a responsabilidade de vestir a histórica camisa 10 do Santos no início do ano e foi tratado como a principal contratação do time para a temporada. A expectativa era alta. Aos 31 anos, ele chegava para dar experiência e referência técnica a uma equipe recheada de garotos e que havia lutado contra o rebaixamento no Brasileirão de 2021.

Goulart SantosRicardo Goulart no Santos (Foto: Divulgação/ Santos)

RICARDO GOULART FOI MAL

Passados pouco mais de seis meses, a passagem chegou ao fim por atuações ruins, baixo aproveitamento em campo e o custo de cerca de R$ 625 mil por cada gol. Goulart balançou as redes apenas quatro vezes, todas no Paulistão, e recebia um salário por volta de R$ 500 mil desde o contrato firmado em janeiro.

À época da apresentação, Goulart disse estar totalmente recuperado da grave lesão que sofreu no joelho em 2019, mas evitou dar detalhes sobre o problema físico, e prometeu atuar em alto nível. “Nenhum jogador passa ileso (por uma lesão). Outros jogadores têm sérios problemas e têm um rendimento alto. Venho de dois anos me cuidando bastante, desde a época do Palmeiras. Estou trabalhando com grandes profissionais. Dor eu não sinto nenhuma. Se sentisse, o Santos não me aceitaria no exame médico. Estou no caminho certo, fazendo os trabalhos com grandes profissionais”, disse o meia quando vestiu a camisa do Santos pela primeira vez.

COMEÇO BOM

O ano parecia promissor para o reforço santista, que atuou em 30 jogos no total e tinha contrato até dezembro de 2023. O atacante foi titular nas primeiras 15 partidas no ano e contribuiu com quatro gols no Estadual. As atuações no primeiro semestre traziam esperanças para o torcedor santista. Mas, em pouco tempo, a situação mudou.

O desempenho caiu vertiginosamente, o que valeu sua vaga como titular. Em maio, o jogador já convivia com vaias e se incomodou com as cobranças de torcedores. Das 11 partidas no Brasileirão, Ricardo Goulart foi titular apenas quatro vezes e seu jejum de gols é de quase quatro meses: ele não balança as redes desde 19 de março, contra o Água Santa, ainda pelo Campeonato Paulista. Neste mês, na disputa de pênaltis que causou a eliminação do Santos para o Deportivo Táchira, na Vila Belmiro, na Copa Sul-Americana, desperdiçou a sua cobrança. Com isso, voltou a ser muito criticado pela torcida.

NÃO DEIXOU SAUDADES NO PALMEIRAS

Se no Santos não teve boa passagem, no Palmeiras, há três anos, também não deixou saudades. Em 2019, atuou pelo time alviverde apenas 21 vezes nos quatro meses em que esteve na equipe paulista. A lesão no joelho direito, mais uma na carreira, encurtou seu tempo em campo. Ele deixou o clube alviverde e retornou ao Guangzhou Evergrande, da China, por uma proposta salarial elevada.

SONDADO

Goulart já fez mais de sete jogos no Brasileirão e não pode atuar por mais nenhuma outra equipe da competição. O atacante negocia com Bahia e Cruzeiro, clube em que ganhou projeção nacional – ambos disputam a Série B do Campeonato Brasileiro.

Confira também:

Fonte: www.futebolinterior.com.br/ricardo-goulart-da-adeus-ao-santos

Admin